terça-feira, 12 de julho de 2011

Crônicas Saxônicas - O Último Reino

Crônicas Saxônicas é mais uma super obra do Bernard Cornwell, uma série de 5 volumes (até o momento), que reconta a história das invasões vikings na Grã-Bretanha e a luta de Alfredo o Grande, para unir todos os reinos da ilha e formar a Inglaterra.

Como acontece em As Crônicas de Artur o personagem que nos conduz na história não é o real Alfredo, mas sim o fictício Uhtred.

O Último Reino e conta a história de Uhtred, um garoto filho do Senhor de Babenburg (deve ter um h em algum lugar nessa palavra mas não me lembro onde), aristocrata do Reino da Nortumbria, que um dia, cavalgando pelas encostas das terras de seu pai avista ao longe os barcos dinamarqueses se aproximando, acontecimento que mudaria sua vida para sempre, assim começa o volume I dessa grande saga.

Alguns dias depois da chegada dos dinamarqueses o garoto acompanha seu pai a uma vila onde onde são atacados pelos poderosos e violentos vikings, seu pai morre no ataque e, quando ele dá uma demonstração de grande coragem, mesmo tendo apenas 10 anos, Ragnar, um grande senhor dinamarquês acaba por adotá-lo. Uhtred então se envolve com os dinamarqueses e percebe que é a melhor vida que um menino podia querer, longe dos padres e das regras rígidas do cristianismo, o garoto vai se adaptando à cultura, à religião e à língua, com seus longos cabelos loiros, agora ele passa a carregar um martelo de Thor no lugar de uma cruz.

Uhtred aprende a amar os dinamarqueses que passam a ser sua família, mas ele é inglês, herdeiro de vastas terras que seu tio tomou para si após a morte de seu pai, sem ao menos tentar procurá-lo, sem nunca tentar resgatar o sobrinho, uma fortaleza inexpugnável junto ao mar e a dúvida acerca de que lado ele deve lutar permanece em seu coração.

Mas, já que assim quiseram as fianderias aos pés de Ygrasil, o destino de Uhtred está ligado à  de Alfredo, rei de Wessex, a quem ele odeia, mas a quem acaba jurado, apesar de seu amor pelos dinamarqueses!

Um livro fantástico e Uhtred é um grande herói um homem corajoso e cheio de honra, alguém que inspira. Além disso, é muito legal conhecer mais da mitologia e das crenças nórdicas (daí você assisti Thor e acha ainda mais legal!!).

Já me falaram que eu exagero e que pra mim todos os livros do Bernard Cornwell são sensacionais, bem na verdade, Stonehenge eu não achei sensacional, eu achei apenas bom, mas realmente As Crônicas de Artur, Crônicas Saxônicas e A Busca do Graal são sensacionais, não tem outra definição!!!

Vai ai o primeiro parágrafo de O Último Reino para instigar você a comprar o livro...


“Meu nome é Uhtred. Sou filho de Uhtred, que era filho de Uhtred, cujo pai também se chamava Uhtred. O escrivão do meu pai, um padre chamado Beocca, o escrevia Utred. Não sei se era assim que meu pai teria escrito, já que ele não sabia ler nem escrever, mas sei fazer as duas coisas e as vezes pego os velhos pergaminhos no baú de madeira e vejo o nome grafado como Uhtred, Utred, Ughtred ou Ootred. Olho esses pergaminhos dizendo que Uhtred, filho de Uhtred, é o único e legítimo dono das terras cuidadosamente marcadas por pedras e diques, por carvalhos e freixos, por pântano e mar, e sono com aquelas terras ermas batidas pelas ondas, sob o céu empurrado pelo vento. Sonho e sei que um dia tomarei as terras de volta daqueles que as roubaram de mim.”

Amanhã falo um pouco do volume 2.
Beijos e boa leitura!!
Fefa Rodrigues 

Um comentário:

Nerito disse...

Ai, esse eu tinha que comentar. O último reino foi um dos livros que eu tive que reler logo que eu terminei a primeira leitura.
Ah, outra coisa... eu acho o último parágrafo desse livro simplesmente lindo! Abraços!