sábado, 14 de maio de 2011

Romance Histórico - Bernard Cornwell

 As Crônicas de Artur

Eu e o Davi temos muitas coisas em comum e gostar de ler é uma delas. Além de livros, também somos apaixonados pela Idade Média, por Castelos e histórias de Cavaleiros... já faz tempo que nós começamos nossa biblioteca e as pesquisas para escolher que livros comprar levaram até o escritor inglês Bernard Cornwell, e seus romances históricos ambientados naquela época.

O primeiro livro do autor que compramos foi O rei do Inverno, volume I da trilogia As Crônicas de Artur, que reconta a história do lendário rei com base em fatos e descobertas arqueológicas e com um tom de realidade.

As Crônicas de Artur


Detalhe da Capa
Em O Rei do Inverno, através da narrativa de Lord Derfel, um monge cristão com coração pagão e que fôra um grande guerreiro e companheiro de Artur, nós conhecemos esse personagem como um grande general que luta contra os saxões para manter a Britânia unida enquanto protege Mordred, seu meio-irmão recém-nascido e herdeiro da coroa, até que este tenha idade para reinar.

Detalhes de uma época em que os juramentos valiam mais que a vida de um homem, recheada com personagens já conhecidos como Merlin, Gwinivere, Lancelot e Morgana, vistos de uma forma mais humana que os torna ainda mais incríveis, além de outros personagens criados pelo autor, mas tão marcantes quanto aqueles, fazem desse livro um daqueles que você não consegue parar de ler até a última página e quando chega ao fim dá vontade de ler tudo de novo. 
 
Detalhe da Capa

Depois de ler o volume I você vai enlouquecer se não conseguir o volume II. Em O Inimigo de Deus, após inúmeras lutas e graças a força e ao engenho de Artur, a Britânia está unida politicamente e pronta para expulsar os saxões, mas o confronto entre as religiões antigas e o cristianismo ameaçam essa unidade.

A fé cristã se espalha pelo país e Merlin sai em busca do Caldeirão Sagrado, objeto mágico que seria capaz de trazer os antigos deuses de volta e expulsar saxãos e cristãos de sua terra. Lord Derfel o segue nessa busca depois de ter sido amarrado por um juramento e pela astúcia de Merlin. 

 Excalibur é o terceiro e último volume da série e daí vem aquela sensação de tristeza porque você sabe que está acabando. O desfecho de todas as lutas e aventuras de Artur, o homem que todos chamam de rei, mas que nunca usou uma coroa.

Detalhe da Capa

“Quando um homem morre em batalha, vai para um lar abençoado no céu. Mas para chegar a esse grande salão de festas ele precisa morrer de pé, com a espada na mão e os ferimentos de frente – Ele parou e sua voz era muito mais baixa – Você não me deve nada, filho, mas eu aceitaria como uma gentileza se você me desse um lugar naquele salão festivo.” (trecho de Excalibur)

A história é muito bem escrita, não tem como não gostar, para quem curte histórias de cavalaria, Idade Média e coisas do tipo é um prato cheio, para quem é fã do rei Artur então, nem se fala!
 
Depois de ler a trilogia As Crônicas de Artur, nós resolvemos comprar toda a coleção do autor. Até agora temos (e já lemos) Crônicas Saxônicas (5 volumes), Em busca do Graal (3 volumes) e Stonehenge, de todos, este último foi o que menos gostei, mas acredito que tenha sido porque a ambientação se dá em uma época muito, mas muito antes de Cristo enquanto que os outros se passam entre a alta e a baixa Idade Média, mas também vale a pena conhecer pela qualidade do autor.



Além desses que já tenho, encomendei O Condenado e Azincourt, mas ainda não chegou.

Em breve comento os outros, ok?!?!
Beijos

Fefa Rodrigues

5 comentários:

Jarod disse...

Grande Guerreiro esse Lorde Derfel, livro completo cheio de batalhas, magia, romance, traições, habilidade política e em campo de batalha. Grande escritor.
Já as crônicas saxonicas encontramos Lorde Utred grande guerreiro criado por norueguesese(vikings) grandes guerreiros aprendeu tudo sobre a guerra tanto em mar quanto em terra, conheceu a velha magia e com ela foi até o fim.
Livro Sensacional

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Fefa!

Dizer que sou fã de Bernard Cornwell é pouco! Sou fanática por ele! Obrigada pelo comentário no blog, e tenho uma boa notícia para você: Azincourt vai virar filme! Ainda não li o livro, mas já tenho e vou ler logo, logo.

Beijos!

Fernanda

Na trilha dos livros

PS: adorei o seu blog:)

Luan Lobo disse...

Meu Deus. Tô querendo muito livros desse autor, não leio muito medieval, mas já li A Guerra dos Tronos e me encantei Martin é um grande autor. Os livros do Cornwell estão bem caros, e até que a editora poderia fazer um boxezinho né? Mas como todo mundo elogia acho q vou comprar rsrs. Adorei o blog!
Abraço!
http://devorandobooks.blogspot.com/

Luan Lobo disse...

Meu Deus. Tô querendo muito livros desse autor, não leio muito medieval, mas já li A Guerra dos Tronos e me encantei Martin é um grande autor. Os livros do Cornwell estão bem caros, e até que a editora poderia fazer um boxezinho né? Mas como todo mundo elogia acho q vou comprar rsrs. Adorei o blog!
Abraço!
http://devorandobooks.blogspot.com/

Luís Henrique disse...

Já li essa trilogia de Artur e amei demais. Os 3 livros são ótimos ... Já li também de Cornnwell A Busca do Graal e já encomendei os 2 primeiros volumes de Crônicas Saxônicas. Ler Bernard Cornwell é apaixonante !!