terça-feira, 25 de outubro de 2011

Sobre pulseiras e surpresas...

Algumas vezes, no meio de dias que parecem se repetir, a gente se surpreende.

Eu moro em uma cidade pequena, mas, apesar disso, não conheço muita gente. Minhas amigas são as meninas do trabalho, Vivi, Taís, Aline, Camila, Laura... meus amigos, bem... meus amigos são os amigos do Davi. Acho que isso é culpa minha, talvez se eu saísse um pouco para além dos limites do meu mundo as coisas seriam diferente. O Davi sempre me diz que eu vivo no meu mundo.


E assim que, apesar de fazer muito tempo que eu desejava essa pulseirinhas que eu vi pela primeira vez entre os beijos da Sara Carbonero e do Casillas depois da final da Copa do Mundo é que eu fui descobrir que, há poucos quarteirões de onde eu trabalho, mora uma moça simpática e talentosa que faz essas e outras lindas pulseiras.


E eu descobri isso visitando o blog da Mariana que falou do blog da Camila que, por sua vez, falou do blog da Eugenia, a moça que faz esses tais decenários! Mandei um e-mail para ela, no fundo achei que ela nem iria me responder, mas ela não só respondeu como ontem de manhã fez a gentileza de ir até meu trabalho levar as pulseiras para eu ver.

Sugeri que ela voltasse hoje para que outras meninas também pudessem conhecer o trabalho dela e ela voltou. Estava chovendo e ficamos conversando lá no refeitório, ela me contou um pouco sobre a razão pela qual começou a fazer as pulseirinhas, me falou um pouquinho de suas experiências e, entre a conversa, ela disse uma frase, daquelas que, por inesperadas, marcam a gente, daquelas que vem para mudar nosso dia, para nos surpreender.

Ela me disse “...mas eu nunca perdi a fé”.

Não sei dizer se ela sabe a diferença que esta frase fez no meu dia, talvez até na minha vida, só sei que, agora, a cada vez que eu olhar para uma dessas pequenas cruzes coloridas no meu braço vou me lembrar de nunca perder a fé.

A vida pode surpreender a gente, mesmo em dias que parecem apenas dias iguais.

Eugênia,
Obrigada pelas pulseiras, obrigada pela lição.
Um beijo
Fefa

Beijos a todos e uma boa noite de chuva... ótima para ler!!!
Fefa Rodrigues


PS: Se você ficou babando nas minhas pulseiras, clique aqui e visite o blog da Eugênica, além dos decenários ela faz shambalas e chan lun, tem para meninos e meninas e, como ela é chique, envia para todos os cantos do Brasil e, quem sabe, dá para mandar para o exterior também!!!

7 comentários:

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Fefa!

Somos duas então que vivem no próprio mundo;D Adorei as pulseirinhas, mas para falar a verdade, eu estava amis prestando atenção no Casillas que nas pulseiras dela;D E a lição também é valiosa: nunca perca a fé!

Beijos e boa noite! (agora vou seguir o seu conselho, desligar o computaor e me tranpostar para Alagaesia!)


Mirian Soares disse...

Nunca! Nada de perder a fé.
Bjokas

Fefa Rodrigues disse...

Éééé... Mirian, nunca perder a fé!!!


Fê... a gente é bem parecida mesmo né!!!!

Eugênia Campos disse...

Nossa, me emocionei até em ler o que vc escreveu com tanto carinho. Saiba q vc é mto especial!!! Deus abençoe mto sua vida e ilumine ainda mais.... bjãoooo e té mais! =)

Aline disse...

Amigaaaas maravilhoooooosas! Eu tive a honra de testemunhar qdo a Maria Eugenia falou sobre fé, eqto mostrava suas pulseiras, e tb fui alcançada por essa mensagem de vida que realmente nos impactou, não somente pela fé mas tabmém pela CORAGEM! Extraordinário!

Tais Oliveira disse...

Amigas..sim a fé...passei por um momento em minha vida que minha fé foi "testada", porém graças a Deus ela se manteve forte!

Bjus*

Fefa Rodrigues disse...

Eugenia... foi escrito com carinho!!!