quarta-feira, 4 de julho de 2012

Cora Coralina

Poeminha Amoroso

Este é um poema de amor
tão meigo, tão terno, tão teu...
É uma oferenda aos teus momentos
de luta e de brisa e de céu...
E eu,
quero te servir a poesia
numa concha azul do mar
ou numa cesta de flores do campo.
Talvez tu possas entender o meu amor.
Mas se isso não acontecer,
não importa.
Já está declarado e estampado
nas linhas e entrelinhas
deste pequeno poema,
o verso;
o tão famoso e inesperado verso que
te deixará pasmo, surpreso, perplexo...
eu te amo, perdoa-me, eu te amo... 

                                             Cora Coralina 

Doce como açúcar, não é?
Beijos,
Fefa Rodrigues 

4 comentários:

Tais Oliveira disse...

Amei S2

Beijos

Taís

Nerito disse...

Fefa, tava pensando nos poemas de autores variados que vc compartilha aqui no blog então me perguntei: tem resenha de livro de poesia aqui no Apaixonada por Papel?

Fefa Rodrigues disse...

NERITO, ACREDITA QUE EU NÃO TENHO NENHUM LIVRO DE POESIA? BOM, PRA FALAR A VERDADE EU TENHO AMA ANTOLOGIA POÉTICA DO ROMANTISMO BRASILEIRO QUE EU GANHEI DE UMA AMIGA QUE POR SUA VEZ TINHA GANHADO DA AVÓ DELA, O LIVRO FOI PRESENTE DA MÃE DA AVÓ DELA, PRA AVÓ, EM 1953 (CONFUSO?)...

GOSTARIA DE TER ALGO DO PABLO NERUDA, MAS AINDA NÃO TENHO E, POR ISSO, NÃO TENHO RESENHAS SOBRE LIVROS DE POESIA AKI!:o/

CMachado disse...

Tenho tanta admiração pela Cora Coralina...
O único livro de poesia que tinha era da Cora e dei p/ minha mãe...mas antes li. Sua vida impressionante e os poemas tb...

Minha mãe ficou bastante comovida com seus poemas...
Tb queria do Pablo Neruda, tem um filme sobre ele e suas poesia lindíssimo!!!
Bjk