quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Tom Saweyr – Mark Twain

Quem é viciado em série e quase enlouqueceu esperando cada novo episódio de Lost vai se lembrar do Saweyr, aquele loiro lindo com cara de mau caráter que fazia a Kate suspirar e ficar indecisa entre ele e Jack, o médico galante que, apesar de ter alguns problemas com bebida e remédio, era bom moço – uma pena que a série tenha acabado tão mal, não é?

Bem, mas voltando ao assunto, comprei esse livro daquela mulher que eu já contei por aqui, que estava vendendo a biblioteca dela porque estava sem grana, e de quem eu comprei clássicos como Ana Karenina por R$ 3,00. Dentre os livros que ela tinha para vender estava este, que eu comprei porque me lembrei que o personagem de Lost usava o codinome Saweyr em homenagem ao personagem do livro – Lembra que o Saweyr era também um ávido leitor??


O livro conta a história de um garoto órfão que vive com sua Tia Polly, numa cidade Às margens do Mississippi, e ele me lembra aqueles garotinhos que desde pequeno já se destacam entre os demais por sua inteligência, liderança e facilidade em fazer com que os demais sigam sua vontade e façam o que ele quer... seja pedindo, seja manipulando!! Apesar de ser essencialmente bom, o garoto às vezes não consegue discernir o certo do errado, desse jeito, acaba se envolvendo em encrencas e vivendo aventuras... sendo estas aventuras e brincadeiras a maior parte da narração do livro além, é claro, dos castigos aplicados a Tom, principalmente por sua constante falta às aulas!! Enfim, um livro que retrata o universo infantil.

Agora minha opinião sobre o livro. A bem da verdade, eu não gostei muito, não. Não sei por que, já que ele tem muito de tudo que eu gosto, infelizmente acho que a história não me cativou, não curti, sei lá...

Bom, se alguém tiver uma visão diferente do livro, me diz ai... de qualquer forma, um livro sempre é melhor que BBB, então, não “desestimulo” a leitura...

Fica ai minha opinião...

Beijos
Fefa Rodrigues 

9 comentários:

Nerito disse...

Oi Fefa.

De volta depois de um tempo...

Eu li esse livro quando era criança, sério. Tinha uns 11 anos quando isso aconteceu. Adorei ter lido e participado das aventuras de Tom.
Não sei se hoje eu gostaria da mesma forma. Eu li recentemente a sequência, "As Aventuras de Huckleberry Finn" e gostei muito. Acho que é uma questão de gosto. Nem sempre o livro cativa a gente mesmo.
Eu lembro que achava o Tom muito chato e mimado às vezes, mas tinha inveja do jeito que ele conquistava as meninas. Queria ser igual ao Tom. Ao mesmo tempo, achava que o Huck era um personagem bem melhor, inclusive de melhor índole.

Abraços!

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Fefa!

Eu não lia ainda, mas vou ler. Prometi a mim mesma que vou ler pelo mmenos dois clássicos esse ano. Ou pelo menos vou tentar.

E Sawyer, Sawyer (de Lost)...Ele faz uma pontinha em Missão Impossível 4, pra matar a saudade. Mas não acho que ele era mau caráter não. Tudo bem, enganava todo mundo, mas era daquele bad boy que todo mundo adora odiar;D E concordo, pena que a série, tão legal, acabou tão mal. Me decepcionei também. Acho que os autores misturaram tanta coisa que no final não souberam que ruma dar. Se perderam. Pena.

Beijos!

CMachado disse...

Olá Fefa,
o Ivan fez uma cópia de "O Trem" p/ vc. Te envio semana que vem. gerbera45@r7.com
Nem me fale de Mark Twain, quero muito um livro dele, sobre viagem tudo de bom, mas é da Tintas da China, então tenho que conseguir em Portugal daí muito caro! custa uns 50 reais. Recentemente soube que a Tintas da China vem p/o Brasil, mas esse acho q não vai ter ainda...
Bem, li As aventuras de Huckleberry Fin.

CMachado disse...

Gostei, e me diverti com a leitura, claro, dentro do que é, infantil, sei lá gosto por conta, da minha infância com meus irmãos, sei lá eu gostei, tb não volto mais. mas tenho ótima lembrança da história lia e ia contando p/ marido e filhos e eles riam de mim, por achar graça. Tenho até os filmes...
Tom Sawyer, comecei a ler e já gostei precisei deixar, mas achei incrível ele enganar os amigos p/ pintar a cerca para ele, rsrs e a tia acreditou ter sido ele, levado demais rsrs.
Fefa mas, a outra escritora estadunidense, Laura Ingalls os 9 livros dela é que são meu xódó e nem tem mais, com muita dificuldade encontrei na estante virtual.
Mais levei meses p/ conseguir minha coleção. Estamos falando de literatura infanto-juvenil...
boas leituras.
Orquidea
PS:Até tenho os livros no computador muito bom com as ilustrações, lia enquanto chegava os livros.
Ah, Huckleberry Fin trata tb da escravidão e do rio mississipi, gosto de livros q falem desse rio. rsrs eu sei eu tenho uns gostos q nem eu entendo...

CMachado disse...

Fefa,
Hucleberry Fin é muito bom, talvez mais q Tom...
Os livros da Laura Ingalls são incríveis, vem com deseinhos, é obra autobiografica da autora.
Adoro os natais da Laura, o pai tocando a rebeca, a família reunida em redor da lareira, e o vento soprando lá fora. A neve caindo e deixando os campos branquinhos...
Se quiser anexo e envio por e mail ao menos 1...
Abreijo
Orquidea

Fefa Rodrigues disse...

ORQUIDEA

sabe que eu não conheço muito a literatura norte-americana... não sei se eu li alguma coisa já... além de Dan Brown hehehe - ele é americano, né??

Tem um livro que minha irmã, que é professora de literatura, sempre comenta... é infantil tbm, e não sei se é de algum desses autores que vc citou, mas ela ADORA... Pipi Meia Longa... conhece???

Obrigada pelo Train, vout e mandar um email com o endereço, ok?!!

:o)

CMachado disse...

Fefa,
Como te disse terminei, "Eterno Marido" de Dostô que acabei achando muito engraçado... o cara vivia desconfiado se a mulher traia ou não, daí os diálogos só rindo.
Agora to lendo Cronica de uma Morte anunciada, gosto do modo de GGM escrever, mas, que sujeira heim o pessoal saber e nem avisar q o cara tava jurado!!
Pipi Meia Longa, já ouvi sim muito falar, especialmente em filmes... Pena não tenho e não li... se tiver no Brasil, na estante vou procurar...
bj
Orquidea

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Fefa!

Sobre Os homens que não amavam as mulheres. Eu li a trilogia e adorei. O primeiro é o melhor na minha opinião, mas já vi gente achando que ele é o mais chatinho. É policial bem pesado (mas até aí, pra quem lê Bernard Cornwell e George Martin...). Eu diria que vale a pena comprar. Minha irmà também quer comprar esse box. Eu li a trilogia em inglês. É realmente muito bom.


Jota Quest: eu gosto de algumas músicas, como Fácil, De volta ao planeta, e aquela que tá numa propaganda de sei lá o quê agora (aonde tenha sol, é pra lá que eu vou). Eles abriram o primeiro show do Skank que eu fui, ninguém conhecia ainda. Mas acho que você vai curtir o show.

Depois me conta o que você achou de Sherlock! Eu adorei! E agora fico esperando ansiosamente o terceiro (eba!)...

Beijos e bom fim de semana!

CMachado disse...

Pipi meia longa, americanas 37,00 reais, ou 27,00.
Na estante 14,00 já incluindo o frete,
ótimo para sobrinhos, filhos...
Depois que li a sinopse lembrei que já vi o filme...
bj
Orquidea