quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Uma nova Apaixonada por Papel

Eu não sei ao certo como tudo começou, só sei que, desde que nossas salas se juntaram - como comentei no texto Sobre Paredes e Pontes - eu conheci pessoas novas que se tornaram amigas e que me ensinaram muitas coisas e dentre estas pessoas eu conheci a Kelly. 

Então, eu não me lembro como, mas de alguma forma ela descobriu que eu amava livros e um dia  - não se se foi ela quem pediu ou eu que ofereci - eu emprestei A Sombra do Vento para ela ler. Depois foi Marina e, por fim, A Menina que Rouvaba Livros e, quando ela veio me entregar esse último livro, e antes de devolver ela se despediu dos personagens, eu percebi que ela havia se apaixonado.


Agora, ela já está pensando em seu cantinho da leitura na casa nova que ela está contruindo, para isso, ela comprou seus primeiros exemplares e quando o correio chegou com a entrega, ela veio me mostrar, abraçada aos livros. Está apaixonada, seu coração foi fisgado pelos livros, paixão que não tem volta, que é pra vida toda!! Uma vez que alguém se torna amante dos livros, esse amor não se esgota jamais, ele só cresce a cada nova página, já que é amor verdadeiro.


Beijos,
Fefa Rodrigues


Agradecimento especial à Taís, do blog La Modee, que me ajudou com as fotos, já que meu celular e eu não estávamos nos entendendo!!!

10 comentários:

Tais Oliveira disse...

Fefa, imagina foi uma prazer te ajudar amiga!

E graças a Deus que nossas "divisórias" caíram...sua amizade e companhia foi um presente!

Beijos

Tais Oliveira disse...

Haaa e a Kely é um caso á parte...eu pude perceber a sua paixão na despedida dela com o livro A Menina que roubava livros..haha

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

OI Fefa!

Que legal, mais uma leitora voraz!
Eu vou criando viciados em Game of Thrones ;D

Você recebeu os links que te mandei, de Muindo Sem Fim e do livro novo do Bernard Cornwell? Madei pelo twitter ontem, mas tinha errado e depois mandei de novo.

Beijos!

Vitor disse...

Fefa,
Eu acho que a segunda melhor coisa em relação a livros (a primeira é ter prazer de ler um livro, rs) é a sensação de que você fez mais uma pessoa gostar do mundo da leitura...
Muitas pessoas quando me veem lendo livros grandes (e como são grandes) ficam impressionadas, e eu digo que elas também podem ler, só basta aprender a gostar de ler, muitas delas não sabem o que é isso. Como é bom, né?

Abraços, Vitor
PS.: Postei sobre o Inverno do Mundo, já leu?

Anônimo disse...

Estou amando tudo isso...
Ah, Vitor vc falou uma verdade, pois quando eu olhava a Fernanda com aqueles livros enormes, eu pensava...nossa vc consegue, é muito grande?!!!
A Fefa fez a grande diferença, ela me fez enchergar isso, e hoje eu vi que sou capaz tbm!!! me mostrou esse mundo maravilhoso, onde viajo por minutos e horas sem que meus pés me levem!!!
ASS: KELLI - A MAIS nova APAIXONADA POR PAPEL.

navirj disse...

Fazer amizade com pessoas que compartilham os mesmos gostos que nós é muito bom, ainda mais o gosto pela leitura. E ver que nós influenciamos e somos influenciados positivamente pelas pessoas é maravilhoso!

Beijo. Nadia

CMachado disse...

Olá Fefa!!!
A Kelli foi fisgada mesmo né??
Pelo comentário dela...
Fefa amiga estou lendo muita coisa legal, assistindo minhas séries favoritas tb...
A casa ta ficando lindinha!!
Bjk e boas
leituras!!

Uma frase do Drumond:

"A leitura é uma fonte inesgotável de prazer mas por incrível que pareça, a quase totalidade, não sente esta sede."
Carlos Drummond de Andrade

Contos de Terror do R.Peter. disse...

Os livro são seres encantados que nos sugam para dentro de si! São amigos que nos confdeciam segredos aos ouvidos e olhos sem que peçamos!

Nerito disse...

Bacana, Fefa... Pra pessoas como eu, que trabalham em bibliotecas motivadas por um ideal de incentivo à leitura, é encantador quando encontramos pessoas tão apaixonadas assim pelos livros...

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Fê!

Eu também gostei bastante de A mulher de preto, apesar de ter ficado com medo ;D mas suspense de terror tem que ser assim mesmo, dar susto, medo...

olha, até onde eu sei, A menina que não sabia ler não vai virar filme não, mas ultimamente, tudo é possível. mas o livro é sombrio também, com fantasmas, etc. É muito bom, eu adorei. você, que gosta de casarões assombrados, vai gostar com certeza.

Beijos!