segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Sombras da Noite


Sábado fui ao cinema ver Sombras da Noite, na verdade, a idéia era ver Resident Evil, mas chegamos lá e não tinha mais sessões – o que levou o Davi a pensar que eu sabotei nossa programação, mas sou inocente, juro! 

 
Na realidade, desde que vi o trailer de Sombras da Noite com um casarão em ruínas, fantasmas vagando de um lado para o outro e o Johnny Deep no papel de um vampiro, fiquei louca para assistir. Depois, vendo mais informações sobre o enredo, a idéia da história se passar na década de 70 não me agradou muito, então, não fiquei muito ansiosa pelo filme, e aceitei a idéia de ver em DVD mesmo, até que o pequeno incidente do sábado à noite me levou a ver o filme no cinema, e confesso que AMEI!! Gostei ainda mais do que de Abraham Lincoln, O Caçador de Vampiros.

Em resumo, o filme conta a história de Barnabas, um jovem rico, membro de uma família poderosa, que despreza o amor de uma de suas amantes, Angelique que, para seu azar, é uma bruxa bem das poderosas, e que o amaldiçoa transformando o rapaz em um vampiro e, não bastasse isso, como ainda assim o moço não aceitar ficar com a bruxa, ela coloca a cidade contra ele e o enterra vivo. Dois séculos se passam até que, durante uma escavação, Barnabás é libertado.

Agora, na década de 70, sua família está em decadência graças à empresa concorrente fundada pela tal bruxa – que ainda está viva -, e o vampiro decide restaurar a glória da família, enquanto descobre que os poucos membros de sua família escondem muitos segredos, e tenta se adaptar a um mundo desconhecido, ele reencontra o amor!!

A história não é algo muito elaborado, mas o filme é bem engraçado, tem um romancinho, e eu gostei muito da atuação do Johnny e também da Michelle Pfeiffer. Vale a pena assistir!! 

Beijinhos,
Fefa Rodrigues

2 comentários:

Jeferson Cardoso disse...

Oi Fefa!
Sabotagem ou inocência? [risos]
Prazer estar aqui! Com tempo, venha ler e comentar O BURACO DO COLCHÃO no http://jefhcardoso.blogspot.com
Abraço e uma excelente semana!

navirj disse...

Assisti neste fim de semana, mas não gostei muito não. Achei que o Tim Burton se perdeu no tom do filme. Deu a impressão de que não se decidiu se era pra ser uma comédia ou um filme sombrio e acabou não sendo nem uma coisa nem outra. Sei lá, não me conquistou. Acho que depende do gosto de cada um.
Beijo, Nadia