quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Perguntai...


 
[...]perguntai ao vento, à onda, à estrela, ao pássaro, ao relógio, 
a tudo o que foge, a tudo o que geme, a tudo o que rola, 
a tudo o que canta, a tudo o que fala, perguntai-lhes que horas são; 
e o vento, e a vaga, e a estrela, e o pássaro, e o relógio, 
hão de vos responder: É hora de se embriagar!
Para não serdes os martirizados escravos do Tempo, 
embriagai-vos; embriagai-vos sem tréguas!
De vinho, de poesia ou de virtude, a vossa escolha... 

                                                                                                    - Fernando Pessoa -

9 comentários:

Tais Oliveira disse...

Adorei Fe!Eu adoro o seu Blog!

Beijos

Dora Delano disse...

e Gabito?

CMachado disse...

E a gente se embriaga de livros né Fefa!!!
Bjk

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Fefa!

Amo Fernando Pessoa! Quando fui para Portugal, visitei o túmulo dele, no Mosteiro dos Jerônimos. O legal é que é um monumento tipo um obelisco, e de cada lado visível (fica num num nicho numa parede) tem o nome de cada um dos pseudônimos dele.

Acredita que eu não vou ver Fernando Pessoa em literatura portuguesa na faculdade?! Eu não me conformo! E Eça também foi só uma pinceladinha, quase nada...Acho absurdo.

Beijos!

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Fefa!

foi uma pena mesmo você não poder ir na bienal. Mas eu sabia que você está ocupada, porque vi um comentário seu acho que no blog do Nerito, então fiquei mais tranquila. Já estava ficando preocupada :)

Beijos!

mundo da lua disse...

e certo ele está.

Neyla Suzart disse...

Fernando Pessoa é ótimo, né? ADORO!
Beijos ;*
http://coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br/

Marcelo de Valnisio disse...


Desculpe-me, mas o poema não é de Fernando Pessoa. É de Charles Baudelaire e chama-se "Enivrez vous" (Embriagai-vos).

Marcelo de Valnisio disse...

Desculpe-me mas o poema não é de Fernando Pessoa. É de Charles Baudelaire e chama-se "Enivrez vous" (Embriagai-vos).