sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Fazenda Ipanema - Parte II

Como eu disse na postagem abaixo, a Fazenda Ipanema tem, além das opções de trilhas, uma área de prédios e construções antigas. O maior de todos os prédios é a Fundição de Ferro e foi ali que as armas usadas pelo Brasil na Guerra do Paraguai foram fabricadas.

Achei bem bacana que todos os prédios estão bem conservados e há, inclusive, um pequeno museu no local. Já, a vila dos trabalhadores que rodeia os prédios está quase que completamente abandonada. Não sei quem são as poucas pessoas que ainda vivem ali, mas o lugar daria um ´tomo cenário para histórias de fantasmas e para uma Gincana Noturna seria o lugar ideal!

Olha algumas das fotos...









Ai em cima é a vila dos operários, tinha alguns lugares muito legais para fotografar, mas como estava abandonado eu fiquei com medo de entrar sozinha, já que o Davi estava se recuperando da caminhada!



Eu e minha mania com portas e janelas!!!
















Ali ao fundo o Museu.




A sede administrativa.

Lá atrás há uma ponte e uma pequena cachoeira.

Entrada da Armaria.
Equipamentos para fundição do ferro.


Aqui tentei focar a cachoeira, mas não deu certo...

Outros equipamentos. Tudo vindo da Alemanha.
Ao menos o lugar era bem arejado!!




Com o Davi na foto dá para ter uma idéia do tamanho do prédio.






E assim eu encerro meus comentários sobre o passeio!!

Beijos
Fefa Rodrigues


3 comentários:

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Fefa!

Muito bacan mesmo esse passeio, mas acho que nào só pra quem é de Sorocaba e região, mas de Sampa também ;D

Sabe aquele comentário que você fez sobre a cruz de ferro no alto do morro? Quando eu fui pra Portugal, eu fiu no Palácio nacional da Pena, que fica bem no alto de um morro, no meio do nada. A vista é linda também e hoje pra chegar lá tem, uma estradinha superestreita e ele fica a 2 km de Sintra, e a cidade já é de serra, então imagina a altura. O que chamava a atenção, além da beleza do lugar, é exatamente a localização. O palácio é superluxuoso, e data do século XVI, se nào me engano. O ponto é: imagina levar as pedras até lá, naquele tempo? Quanta gente deve ter morrido...E o cara que chegou lá pela primeira vez e falou: aqui é um bom lugar para um castelo!

Beijos!



PS: acabei O tigre de Sharpe ontem, mas acho que vou escrever a resenha amanhà porque estou meio cansada e com dor de cabeça.

Beijos

moretti disse...

eu tirei varias fotos do pre-casamento nesses lugares!!

=)

e é mto interessante lá né fer!

Araí NRL disse...

Olá,

Em primeiro lugar adoro seu blog e compartilho sua paixão por livros.

Gostei tando desse seu poste da Fazenda Ipanema q eu e meu namorado estamos planejando ir visitar o local. Mas não estou achando um contato dessa fazenda para pode agendar visita, pegar endereço essas coisas. Vc poderia me ajudar?
arai.nrl@gmail.com

Muito obrigada e parabéns pelo blog.

bj

Araí