quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Fazenda Ipanema - Parte I

Oi gente, hoje quero dar uma dica de passeio. Ah, só uma explicação, não ando falando muito sobre livros porque estou lendo Tormenta de Espadas, e ele é enorme - 840 páginas - estou quase terminando e terei tanta coisa para comentar sobre ele que acho que a resenha será em duas partes!!!

Bem, enquanto isso não acontece - faltam 200 páginas pra eu terminar - vou dando dicas de outras coisas que eu gosto de fazer, e uma delas é trilha. Eu não sou uma pessoa que vive em contato com a natureza, mas gosto de, sempre que possível, fazer um passeio em que dê pra sentir cheiro de mato, e foi o que meus amigos e eu escolhemos fazer no sábado de carnaval. Nós, "super foliões" que somos, acordamos sábado bem cedo e zarpamos em direção à Fazenda Ipanema, antes de sequer ouvir o som de pagodes e afins!

A Fazenda Ipanema, que pertence ao Exército, fica na cidade de Iperó e, além de ser uma área de floresta em preservação permanente, também abriga um centro histórico, com prédios da Primeira Fundição de Ferro do Brasil, que datam do século XVII, um pequeno museu, uma vila de casas de trabalhadores da fundição, além de um centro de pesquisas da Aramar, onde são desenvolvidos submarinos nucleares, mas nesta parte a gente não tem acesso.

Para entrar na fazenda a taxa é de R$ 5,50, e para fazer as trilhas na parte de floresta a gente paga a um guia. Tem várias opções de trilhas, menores, maiores, a pé, de bicicleta. A Trilha que nos escolhemos foi a maior, cerca de 4 horas de caminhada, e custou R$ 10,00 por pessoa. Ou seja, um passeio gostoso e super barato, não é.

Considero uma ótima dica pra quem mora aqui na região de Sorocaba. Um passeio diferente do clichê cinema, restaurante, baladinhas.

Vou colocar fotos do passeio em duas partes. Primeiro da trilha e depois falo um pouco do centro histórico, certo? Dá uma olhada, quem sabe você se anima!!!:o)

A trilha começa assim, bem leve... acho que é pra não assustar!!

Eu parei pra tirar foto da galera, e o Davi já achou que eu ia me perder, olha ele dando sinal pra eu acelerar!!

Depois de algum tempo a mata começa a ficar fechada... o local é preservado pelo IBAMA!


Tem muita coisa legal pra ver durante a caminhada.

Muitas pedras em formatos legais, rochas enormes...

Queria ter tirado mais fotos durante a caminhada, mas não dava pra ficar com a câmera na mão, ou eu me apoiava ou caia hehehehe


Essa árvore chama Pau D'alho e tem cheiro de alho mesmo e, segundo o Davi, é salgado!!O Márcio, que foi nosso guia, e que é também historiador, contou que as lascas da árvore eram usadas para temperar os alimentos...

Aqui é a primeira parada durante a caminhada. Uma gruta onde um frei franciscano vindo da Itália no século XVII viveu por muitos anos...

A cruz marca o local em que, antigamente as pessoas do povoado iam até lá pedir orações por cura... hoje, algumas das pessoas que passam por ali, deixam pequenos objetos...

Davi e Rafa ouvindo as explicações do nosso guia...

Essa foto eu tirei deitada numa "cama de pedra" na gruta, a paisagem que o Frei Giovani tinha quando se deitava e olhava pra cima!!

E a caminhada recomeça...
 Depois de mais cerca de 40 minutos de caminhada a gente chega ao Mirante. Essa cruz de ferro fundido foi feita naquela Fundição que comentei ali no início e foi levada até o mirante por escravos. A cruz deve ser muito pesada, e eu fico imaginado a dificuldade para carregá-la até aquela altura... A vista é linda!!





Também é bem revigorante parar e descansar com uma vista dessas!! Alguns minutos de descanso e lá vamos nós outra vez... agora rumo ao topo do Morro do Ipanema.














Aqui é o topo. Lindo, calmo, tranquilo... nós nos sentamos lá em cima e ficamos observando a paisagem... foi um momento legal, não falamos muito, ficamos lá, juntos, curtindo a vista, o companheirismo e felizes!!

A trilha de volta é bem mais fechada, e não tirei fotos porque acabei deixando a câmera na mala da minha irmã, que estava mais na frente da caminhada. Na volta tem também uma cachoeira onde a gente se refrescou... água gelada caindo nas costas, pés no chão em contato direto com a natureza... tudo de bom!!

Algumas horas depois e estávamos todos famintos, fazendo um pique-nique. Amanhã vou postar as fotos do centro histórico e se meu cunhado Rafa lembrar de me mandar, algumas fotos da cachoeira também!!

Fica ai uma dica de um passeio bem legal e super baratinho!!!

Beijos
Fefa Rodrigues



Nenhum comentário: